A mídia off-line morreu?

Ultimamente no meio de marketing, se fala bastante sobre este suposto fim da importância da mídia off-line. Porém muitos estudos provam o contrário, entenda o porquê deste debate.

Concordar com afirmações sobre o fim da mídia off-line, pode ser uma ação precipitada caso não tenha conhecimento acerca do assunto.

Essa questão se relaciona em como nosso país consome os meios de comunicação.

Sabemos a respeito do crescimento e eficiência da mídia digital, que se destaca no cenário da propaganda mundial.

Este meio possui muitos pontos fortes:

Como a possibilidade de segmentação e a mensuração de resultados imediata e precisa.

Graças a isso, a mídia digital vira uma ótima opção para as empresas que estão começando e não dispõem de um budget elevado.

 

Cada vez mais estamos nos afastando da televisão?

Uma pesquisa da Kantar Ibope sobre nosso país, mostrou que 93% da população nas metrópoles assiste televisão regularmente.

A Target Group Index exibe dados dos últimos 10 anos que detalham um crescimento de 12% no consumo da mídia televisiva (de 8h18 para 9h17).

Enquanto, ao mesmo tempo, o consumo dos serviços de internet e streaming também tiveram um grande salto.

Com isso, pode-se concluir que o brasileiro não se afastou da televisão, mas sim implementou seu conteúdo usando outros meios.

De acordo com a Target Group Index, 71% dos entrevistados dizem assistir TV para se informar, enquanto 65% a utilizam como forma de entretenimento.

Um estudo realizado no Reino Unido, com 4500 pessoas, comprovou que o consumo da segunda tela (celulares e tablets) aumenta a eficiência da publicidade na Televisão.

Além de não ter sido prejudicada pelo crescimento das mídias digitais, a TV aberta se beneficia delas para trazer mais retorno para seus anunciantes.

Pode-se citar alguns diferenciais do meio, como:

  • Maior alcance;
  • Maior impacto nas vendas;
  • Escala em massa simultânea;

 

Um minuto do “Programa do Ratinho”, por exemplo, é assistido simultaneamente por  aproximadamente 20 milhões de pessoas.

Quantos dias um vídeo no Youtube precisa estar disponível para alcançar a mesma marca?

 

Mídia Off-line x Mídia on-line

O Google, Uber, Decolar, Ifood, Mercado Livre, utilizam a mídia off-line para difundir suas marcas de forma massiva e alcançar crescimentos excepcionais.

Entretanto, nenhuma mídia escala negócios de forma exponencial como a TV Aberta.

A mídia off-line pode entregar um aumento da lembrança, consideração e reputação para as marcas, sendo difícil de ser conquistado apenas com mídias de performances.

Mas no caso de grandes veículos produtores de conteúdos no país, parte dessa credibilidade é transferida para os anunciantes

Se você acha que a mídia off-line não é importante para seu negócio, sua empresa pode ainda não está preparada para crescer exponencialmente.

Mas confiamos que seu momento irá chegar, acredite!

Compartilhe

Buscar no blog

Últimos Posts